Palavra do Presidente – Junho 2020 – Pastoreio em tempos de isolamento social

JUNHO 2020

“Eu vim para que as ovelhas tenham vida e para que a tenham em abundância. Eu sou o bom pastor. O bom pastor expõe a sua vida pelas ovelhas” (Jo. 10, 10b-11)

Irmãos e irmãos, que a paz de Jesus, o doce amor de Maria e a força do Espírito Santo estejam sempre convosco e com suas famílias também! 

É mais do que do conhecimento de todos/as que vivemos atualmente uma pandemia de escala mundial. A referida pandemia do Covid-19 depois de pouco tempo de chegar ao Brasil, causou uma radical mudança em nossa vida social e frustrou nosso planejamento de evangelização em 2020 porque desencadeou um inevitável isolamento social. Enquanto RCC, somos favoráveis às medidas de segurança estipuladas pelos órgãos sanitários, pois, entendemos que é para salvar vidas e logo, compactua com nossa missão de evangelizar para salvar almas.

Vale lembrar que neste tempo de isolamento social, as atividades presenciais estão suspensas, mas nós enquanto missionários/as de Jesus, enviados/as a pastorear o povo que Deus nos confiou, não estamos gozando férias. Ao contrário, agora que não conseguimos ter o contato físico, próximo, “olho no olho”, não conseguimos sentir o “cheiro das ovelhas” é que precisamos ficar ainda mais atentos para que o rebanho não se perca. Precisamos dizer assim como Jesus disse ao Pai em oração em relação aos discípulos: “Enquanto eu estava com eles, eu os guardava em teu nome, que me incumbiste de fazer conhecido. Conservei os que me destes e nenhum deles se perdeu…” (Jo. 17,12). E mais, esse chamado ao pastoreio é individual, indelegável, e intransferível. Em nosso meio, coordenador/a é sinônimo de pastor/a. Não é status, mas serviço. O/a coordenador é o/a primeiro/a servo/a e sua principal função é cuidar das almas das ovelhas, apoiado sempre pelo núcleo de serviço. 

Em nossa diocese, o Espírito Santo tem suscitado muitas inspirações. Muitos grupos tem se utilizado das lives para dar continuidade ao processo de evangelização. As mesmas são importantes, mas é necessário dizer que não é o único caminho. Alguns grupos tem se utilizado do canal do YouTube, outros tem realizado lives pelo Instagram ou Facebook, outros pelo Google meet, outros ainda pelo Zoom ou Skype. Algumas dessas plataformas permitem maiores ou menores interações com os/as participantes, seja por áudio e vídeo ou mesmo por mensagens de texto. Alguns grupos discerniram, por diversos motivos, não realizarem as transmissões e encaminham os/as participantes a participarem de lives de outros grupos. Inclusive o grupo de whatsapp do Conselho foi disponibilizado para tais divulgações até o fim do isolamento social. 

Necessário destacar que a transmissão por si só não é pastoreio. Pastorear é acompanhar, ligar, falar, ouvir uma história, uma partilha, uma piada até. Dar ouvidos a um testemunho, ouvir a dificuldade e se propor a ajudar na resolução daquela situação, seja ela espiritual, emocional ou financeira (se a necessidade for financeira e o grupo não tiver condições de auxiliar, sugerimos que encaminhe ao Ministério de Promoção Humana na pessoa da Juliana). Pastorear é abraçar (mesmo distante), é caminhar ao lado (mesmo que cada um de suas casas) e jamais ficar sentado ou pior, com os “braços cruzados”, totalmente indiferente e alheio às necessidades da ovelha. Alguns/as coordenadores/as partilharam comigo como tem pastoreado. Alguns/as coordenadores/as pastoreiam por ligação telefônica, outros/as por chamada de voz ou vídeo do whatsapp (ver o rosto da pessoa faz toda a diferença neste tempo). Outros/as por carta escrita de próprio punho e nominal, pois, cada ovelha tem sua vida e suas particularidades, por isso, não podemos “jogar tudo no mesmo balaio” e tratar todos da mesma maneira. Existem até aqueles/as que fizeram uma visita, mas da calçada, de máscaras e com distanciamento mínimo de dois metros. Todas essas ações causaram grande emoção nos/as irmãos e irmãs pastoreados/as, pois, quanto mais longe estão os corpos, mais próximos necessitam estar os corações. É tempo de pastorear. 

Que a chama de Pentecostes permaneça constantemente acesa em nossos corações! Que ninguém se perca “pelas estradas da vida”! Pastoreie incansavelmente, até sangrar, se preciso for. Estou à disposição em caso de dúvidas! Conte com minhas orações! 

Junho 2020

Rones Aureliano de Sousa

Presidente da RCC Uberlândia 2019-2020 

Deus é bom sempre. Sempre Deus é bom.

São Miguel Arcanjo, rogai por nós e defendei-nos no combate!

Nossa Senhora de Pentecostes, rogai por nós!

Deixe uma resposta