O amor de Deus

Evangelho: Mateus 16,13-20

    Os díscipulos disceram a Jesus: ” Alguns dizem que é João Batista ; outros dizem que é Elias; outros que é Jeremias ou algum dos profetas”. Perguntou-lhes então: “E vocês, quem vocês dizem que eu sou?” Simão Pedro, respondendo, disse: ” Tu és o Messias, filho do Deus vivo.” Jesus lhe respondeu: “Feliz é você, Simão, filho de Jonas. Porque não foi ninguém de carne e sangue quem lhe revelou isso, e sim o meu pai que está nos céus.”

    Atualmente é comum ouvirmos quem é Deus? É uma força? É natureza? É o próprio ser? E assim com essas impressões criadas pelo homem, muitos se afastam da experiência de conhecer o verdadeiro Deus e seu amor. 

    E onde buscamos esse conhecimento de quem é Deus? é na Palavra, na Sagrada Escritura que Deus se dá a conhecer, que Ele revela os anseios do coração de Deus para a sua criação, Que revela os seus mandamentos e suas promessas, que revela o seu amor incondicional por cada um de nós.

    Em João  4,8 deparamo-no com a definição mais perfeita sobre Ele: Deus é AMOR. E não podemos ficar na superficialidade e acharmos que essa definição nos basta, afinal temos uma visão limitada sobre o amor, uma vez que cada um de nós tem uma experiência diferente com o amor em nossas vidas.

    Declarar que Deus é Amor, é um convite do Senhor a um caminho de descobertas. Ele quer que nos aventuremos nessa jornada em busca do amor, porque somente conhecendo profundamente o que é o amor, conheceremos quem é Deus. 

    E nesse caminho de conhecer o amor, nos tornamos íntimos e ter essa experiência de intimidade, nos leva a viver o sobrenatural, a viver aqui na terra o céu, o banquete que o Senhor preparou para cada um de nós, e mais a querer levar ao mundo a beleza de ter nossas vidas sob o Senhorio de Jesus.

    Quando passamos a entender quem é Jesus e O colocamos em primeiro lugar em nossas vidas, ai sim compreendemos o amor, compreendemos que Deus é puro amor, compreendemos o amor incondicional, o amor eterno de Deus por cada um de nós. 

    Um amor tão grande, que se manifesta no dia a dia, que nos conduz nos momentos de trevas e nos auxilia nas tribulações. O que tem acontecido em nosso meio atualmente, é que Deus não deixou e nunca vai deixar de nos amar, mas nós nos distanciamos e muitas vezes deixamos-nos seduzir por todas as paixões que nos cercam e assim nos afastamos do amor.

    Hoje o Senhor nos convida a mergulhar no conhecimento e na intimidade com Ele quer nos conduzir nas vias do amor, do amor a Ele, do amor ao próximo e do amor a nós mesmos. Porque só conhecendo o amor do Pai, conheceremos a Deus e a nós mesmos. Experimente trocar os seus sonhos pelas promessas que Deus tem para sua vida e você verá o quão incrível é o AMOR DE DEUS.

Rutinéa Cristina

Grupo de Oração São Miguel Arcanjo

Deixe uma resposta